O problema do Brasil é o brasileiro

Chamaram três empreiteiros para  uma  licitação da  Olimpíada Rio 2016: um chinês, um americano e um brasileiro….

– Faço por US$ 3 milhões – disse o chinês:
– Um pela mão-de-obra.
– Um pelo material.
– E um para meu lucro. Vai ficar bom! Chinês garante!

– Faço por US$ 6 milhões – propôs o americano:
– Dois pela mão-de-obra.
– Dois pelo material.
– E dois para mim. Mas o serviço é de primeira!

– Faço por US$ 9 milhões – disse o brasileiro.
– Nove  milhões ? Espantou-se o prefeito. Por que?
– Três para mim.
– Três para você.
– E  três pro china fazer a obra…

Maria Bethânia e o blog milionário

A melhor coisa que já fizeram a respeito disso…

Pare o que estiver fazendo e veja ATÉ O FINAL…

Implicante

Descobri mais um site que vale a visita. Mais um brasileiro se mexendo pra colocar um pouco de lógica nessa republiqueta ignorante.

Pare o que estiver fazendo e visite http://www.implicante.org/

“Chavito” agora é contra a Igreja

Testo do blog Ateus Do Brasil:

O Extra publicou uma matéria comentando sobre a perseguição religiosa que anda acontecendo na Venezuela:

A advogada e cientista política Vanessa Acosta, de 30 anos, denuncia que o discurso de demonização do governo venezuelano à Igreja Católica e aos judeus tem causado perdas nas relações religiosas em todo o país. (…) “O presidente Chavez declara que a Igreja Católica e a comunidade judaica mundial são demônios, porque estão aliados aos Estados Unidos. A Igreja é hoje uma das maiores opositoras do regime, mas a verdade é que todas as instituições que são contra as políticas chavistas são taxadas de demoníacas. Isso tem levado a uma série de ataques a religiosos católicos e judeus”, denuncia.

Segundo Vanessa, desde 2004, o governo iniciou uma campanha de desqualificação da Igreja Católica e associa os judeus ao capital estrangeiro internacional — culpado de todas as mazelas sociais do país, no discurso chavista. (…) “Um bispo católico foi barbaramente assassinado. Até hoje os representantes do Ministério Público, responsável pelas investigações, não chegaram a nenhuma conclusão. Há dois anos, a sinagoga de Caracas foi profanada. Além de rasgarem o livro sagrado e picharem todo o templo, roubaram os computadores. Neles havia dados de todas os membros do Clube Hebraico: quem são, quanto ganham, onde moram. Desde então, os sequestros de judeus são frequentes, quase diários. Os resgates são altíssimos”, conta.

Continue lendo aqui: http://ateusdobrasil.com.br/p/3302/

 

O Extra publicou uma matéria comentando sobre a perseguição religiosa que anda acontecendo na Venezuela:

A advogada e cientista política Vanessa Acosta, de 30 anos, denuncia que o discurso de demonização do governo venezuelano à Igreja Católica e aos judeus tem causado perdas nas relações religiosas em todo o país. (…) “O presidente Chavez declara que a Igreja Católica e a comunidade judaica mundial são demônios, porque estão aliados aos Estados Unidos. A Igreja é hoje uma das maiores opositoras do regime, mas a verdade é que todas as instituições que são contra as políticas chavistas são taxadas de demoníacas. Isso tem levado a uma série de ataques a religiosos católicos e judeus”, denuncia.

Segundo Vanessa, desde 2004, o governo iniciou uma campanha de desqualificação da Igreja Católica e associa os judeus ao capital estrangeiro internacional — culpado de todas as mazelas sociais do país, no discurso chavista. (…) “Um bispo católico foi barbaramente assassinado. Até hoje os representantes do Ministério Público, responsável pelas investigações, não chegaram a nenhuma conclusão. Há dois anos, a sinagoga de Caracas foi profanada. Além de rasgarem o livro sagrado e picharem todo o templo, roubaram os computadores. Neles havia dados de todas os membros do Clube Hebraico: quem são, quanto ganham, onde moram. Desde então, os sequestros de judeus são frequentes, quase diários. Os resgates são altíssimos”, conta.

Candidato para o Partido Capitalista

Ele é contra o voto obrigatório, a favor do respeito às leis. Seria aceito para ocupar a presidência do partido! Ele é João Revolta!