Passeata, passeata, passeata…

Passeata, passeata, passeata. Mais uma passeta.

http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2011/08/03/centrais-sindicais-marcham-em-sao-paulo-pelos-direitos-trabalhistas.jhtm

Até o título da matéria é comprado. Mas sabe o que me assusta mais? São 15 mil pessoas. Quarta-feira, 11 horas da manhã, juntaram 15 mil pessoas. De onde saiu tanta gente? Ninguém trabalha?

Propostas demagogas, gritadas na Av. Paulista. De novo, eu já reclamei disso antes, porque a Av. Paulista se não tem nada do governo lá?

A resposta é simples: Eles não querem reinvidicar nada. Apenas querem fazer propaganda deles para as pessoas que estão trabalhando na Paulista. Estão querendo justificar aquele dinheiro que eles roubam de todos nós, querendo fingir que trabalham por nós. Pagaram 30 reais para cada um daqueles desempregados fingirem-se de pessoas “engajadas” e “manifestantes”.

No meu futuro utópico capitalista, sindicato seria enquadrado como organização criminosa.

Anúncios

Brasileiro é o povo mais roubado do mundo

Enquanto nosso querido Superior Tribunal Federal se ocupa de decisões de extrema importância para o país, como se um bandido italiano pode ficar solto aqui ou então se um bando de maconheiro pode atrapalhar a vida dos outros com uma passeata, nós somos os idiotas mais roubados do mundo.

Entre os 30 países com as maiores cargas tributárias, o Brasil é o que proporciona o pior retorno dos valores arrecadados em bem-estar para seus cidadãos

Traduzindo: O governo brasileiro é dos que mais toma nosso dinheiro, e o que devolve menos. Ou seja, toma muito, devolve pouco, e some com a diferença.

Repare nos 10 países no topo dessa lista. Todos países assumidamente capitalistas, onde contratos são respeitados e a educação é item primordial. Países onde não há bolsa-família, muito menos direitos trabalhistas irreais e punitivos.

Mas aí vem a pergunta: afinal, se o governo brasileiro arrecada mais e devolve menos, para onde vai essa diferença? Bom, eu não vou afirmar nada, mas segue uma imagem para refrescar a memória do leitor…

Continue tenho orgulho de brasileiro, porque eu estou com vergonha…

Brasileiro vai ser sempre brasileiro

Brasileiro vai ser sempre brasileiro

Muitas vezes eu me esforço aqui em demonstrar o quanto estamos errados e o quão simples e óbvia é a solução correta para os problemas do nosso país. Mas eu acho que nunca consegui ser tão claro e objetivo como o texto do link abaixo:

http://www.morroida.com.br/brasileiro-vai-ser-sempre-brasileiro/

Concordo em gênero, número e grau, sem mudar uma vírgula. Parem o que estiverem fazendo e leiam este texto. Agora.

Os fins justificam os meios

A famosa frase atribuída a Nicolau Maquiavel mantem-se atualíssima. É prática notória na política. E vejam no vídeo abaixo este conceito em ação.

Eu nunca gostei de sindicato. Esta promessa do “me pague que eu te defendo” soa pra mim como um mafioso italiano batendo à porta de um restaurante. A obrigatoriedade da contribuição então me tira do sério. Afinal, eu já não pago meus impostos pra ter justiça? Porque eu sou obrigado a pagar alguém que eu não escolhi e não quero?

Este vídeo serve apenas para ilustrar que sindicatos são tudo aquilo que eles dizem que são contra. Eles são opressores, roubam o povo, mentem e usam de meios ilícitos para conseguirem o poder. Tudo farinha do mesmo saco.

Sindicato é uma consequência de um povo sem educação, que cai nesse conto do vigário. Em países realmente desenvolvidos eles ou não existem ou não tem a força que tem aqui.

E quando ver uma manifestação da CUT, não se desespere. Ofereça 30 reais pra cada um.