Fidel Castro já dormiu com 35.000 mulheres

Deu no New York Post.

Enquanto Cuba passava fome e seus cidadãos preferiam arriscar a vida em uma travessia marítima do que ficar na ilha, o seu “libertador” estava fazendo suruba.

Sim. Em um documentário recente, um de seus homens deu com a língua nos dentes e entregou que o “herói” não sabia manter o instrumento dentro das calças. Ordenava a seus homens que trouxessem ao menos 2 mulheres por dia para ele nas últimas 4 décadas.

Isso não é nenhuma novidade. Perversões sexuais são comuns a ditadores. Acontece em outros lugares também. O que impressiona é o número. É o charuto cubano mostrando que sua fama não é à toa!

Fonte: http://www.nypost.com/p/pagesix/item_6sNvqP33F0h3X2iKssCEQP

Raul Castro, esse capitalista…

Mais uma boa notícia para o pobre povo cubano!

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/internacional/2011/08/02/presidente-de-cuba-diz-que-resistir-a-mudancas-sera-inutil.jhtm

Finalmente a fantasia está se desfazendo e aos poucos o mundo acorda dessa mentira deslavada que ferra com a vida de milhões de pessoas.

É claro que os políticos de Cuba estão resistentes! Eles mandam e desmandam em um país onde a população não tem vez. É triste ver que a população depende do dinheiro que os parentes ganham fora de Cuba para viver, porque o “sonho bolivariano” só serve para enriquecer os políticos e matar a população de fome.

Mas triste mesmo é assistir ao CQC ontem e ver nosso querido Dr. Sócrates elogiando Fidel de dentro de sua mansão enquanto os cubanos morrem de fome. Mansão essa adquirida com dinheiro de contratos capitalistas firmados ao longo da vida do jogador. É fácil ser comunista quando se é rico, né Sócrates?

Quer ver o que o “Chavito” tem a dizer agora.

E se Cuba abandonasse o comunismo?

A revista Super Interessante fez uma pesquisa sobre o que aconteceria caso Cuba abandonasse o comunismo. Sabe a qual conclusão chegaram? Que Cuba se tornaria O PAÍS MAIS RICO DAS AMÉRICAS E O QUE MAIS CRESCE NO MUNDO. Duvida? Leia a matéria no link abaixo:

http://super.abril.com.br/revista/265/materia_revista_467901.shtml?pagina=1

É muito triste ver todo um povo vivendo a anos na pobreza e privação por culpa de um devaneio de um caudilho senil, enquanto a oportunidade de uma vida digna se esvai por entre os dedos e ainda influencia esse crime em outros países.

Evo Morales prova que brasileiro é otário

Você, brasileiro, é um otário.

Nosso amado vizinho Evo Morales provou isso.

Evo Morales promulga lei que legaliza veículos contrabandeados na Bolívia.

É, é isso mesmo.

Você, começa sendo um otário quando anda espremido em um ônibus. Mas, otário do jeito que é, decide trabalhar em vez de receber o bolsa-família e ser sustentado pelos outros otários.  Então você decide comprar um carro e paga o preço mais caro do mundo, dando metade do seu dinheiro para o governo no valor do carro e no da gasolina (clique aqui e confira).

Não bastando ser tão otário e sustentar com a sua gasolina um governo que tem vergonha de ser brasileiro como você (clique aqui), você agora é roubado, porque sua rua não tem polícia, já que a favela aí do seu lado não gosta de polícia (clique aqui também).

Caso você seja um otário com sorte, vão pegar o bandido, e você será otário suficiente para sustentar ele e a família dele (duvida? clique aqui!). E agora, se não bastasse isso, vai pagar seguro mais caro (é sério! clique aqui) porque nosso querido e amado vizinho vai legalizar seu carro lá na terra dos cocaleiros.

Você, para provar que é otário mesmo, pode até gastar mais dinheiro indo pra Bolívia e procurar seu carro caso tenha um rastreador. E vai encontra-lo! E não vai poder fazer nada porque lá o dono “legal” do seu carro é o bandido!

Enquanto isso, o país pára somente para assistir ao STF julgar que a Marcha da Maconha é liberdade de expressão. Bem, vejamos quem está nessa marcha… hum… algum empresário? Tem alguém importante nessa marcha? Hum… deixe me ver, um aluno desempregado com dreads no cabelo, outro com 40 anos sustentado pela mãe… bom, gente importatíssima para o país. Gente que faz passeata! Gente que ainda vai mandar mais dinheiro para a Bolívia, sustentar o tráfico nas favelas e ser contra a polícia, assim como foi na USP (aqui).

Eu sou um otário mesmo…

Xinran

Vai aí uma excelente dica de leitura: Xinran, As Boas Mulheres da China.

Acabei de ler esse livro fantástico, uma aula de humanidade e valores. O livro conta algumas passagens na vida de Xinran Xue, autora e protagonista do livro. Uma radialista da China “meio comunista, meio sabe-se lá o quê”, mas que viveu na infância os horrores da China socialista e totalitária. O foco do livro não é o país em si, mas o sofrimento das mulheres, que na maioria das vezes sim foi provocado pela política do país. A própria protagonista cita fatos da sua vida que a traumatizam desde criança. Veja este relato retirado de uma entrevista que a própria concedeu à Revista Veja (clique aqui para ler a entrevista):

Durante a Revolução Cultural, meus pais foram presos, acusados de ser capitalistas porque haviam trabalhado com estrangeiros e falavam inglês. Os guardas vermelhos entraram em casa e fizeram uma fogueira com tudo o que diziam ser “reacionário” ou “burguês”: livros do meu pai, meus brinquedos e até minhas tranças. Eu usava duas tranças, amarradas com fitas. A guarda gritou que era um penteado burguês. Cortou-as e jogou-as no fogo também. Depois disso, fui levada, com meu irmão mais novo, para um quartel da Guarda Vermelha. Vivi lá por seis anos e meio. Como nossos pais eram considerados reacionários, éramos chamados de “crianças negras” e não podíamos brincar com as outras. Dormíamos no chão. Muitas noites, os guardas vinham, no escuro, pegavam uma criança e a levavam para o quarto ao lado. Era a hora dos abusos, dos espancamentos… Eu ouvia o choro e os gritos e ficava tão assustada que meu corpo todo tremia. A cada noite eu achava que seria a minha vez. Era aterrorizante. Acho que escapei porque era muito pequena. Até hoje, quando meu marido está viajando, não durmo sem colocar minha bolsa, minhas chaves, tíquetes de avião, qualquer coisa assim, ao lado da cama. Faço isso para não entrar em pânico quando acordar no meio da noite – para lembrar que não estou mais lá e quem eu sou agora. Não consigo me livrar disso. Procurei psicólogos, mas não funcionou. Acho que eles eram ocidentais demais para me entender.

Detalhe: A própria não pode mais voltar à China. Saiu fugida e agora precisa de visto pra entrar no próprio país. Já viram isso em algum país capitalista? Já viu isso na Suíça? Na Noruega? Na Dinamarca? Pois é! E depois vem professorzinho de humanas andando de New Civic e morando em Moema querendo me falar da “opressão do capitalismo”. O que a preguiça de trabalhar não faz com as pessoas…

Também achei curioso este exemplo que ela usa para explicar a China, mas que sem querer explica o sucesso de certas políticas assistencialistas daqui mesmo da terra tupiniquim:

Antes dos anos 80, a China era um garoto sujo e esfomeado. Nunca teve a chance de tomar um banho quente, de vestir uma roupa limpa, de forrar o estômago. Se você oferece a esse menino, em uma mão, um pão duro e velho, e na outra mão, um cardápio com nomes de pratos desconhecidos e maravilhosos, qual dos dois ele vai preferir?

Troque China por Brasil, “pão duro” por “bolsa-família” e “cardápio” por democracia e salário. Tá explicado o Brasil.

Implicante

Descobri mais um site que vale a visita. Mais um brasileiro se mexendo pra colocar um pouco de lógica nessa republiqueta ignorante.

Pare o que estiver fazendo e visite http://www.implicante.org/

Dona Marisa pede cidadania italiana, e consegue!

Ah, essa é o fim da picada! Primeira-Dama pede cidadania de outro país?????

Tá inclusive arquivado no site do senado!!!

http://www2.senado.gov.br/bdsf/bitstream/id/39078/1/noticia.htm

Será que o Tio Lula vai lançar também o Bolsa-Cidadania-Italiana?

Essa é de perder o respeito…

Governo Lula na capa da Veja

Eu não leio a revista Veja. A Veja já foi muito boa, mas virou uma revistinha de classe média idiota que faz passeata pelos golfinhos de Fernando de Noronha e se “manifesta” no twitter, em vez de fazer alguma coisa de fato. Mas é curioso fazer uma retrospectiva do governo do Tio Lula por essas 38 capas da Veja…

Fidel Castro diz que o modelo econômico cubano não funciona

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/795803-ex-ditador-fidel-castro-diz-que-modelo-economico-cubano-nao-funciona-mais.shtml

NÃO DIGA!!!

Reuno aqui os comentários mais ilários que tirei dessa matéria da Folha:

  • Minha nossa, o que será agora dos professores universitários das áreas de humanas? Terão todos um ataque epiléptico grave? Sobreviverão a essa afirmação do Grande Líder deles? Perecerão de depressão pelo resto de suas vidas? Coitados!
  • PRÓXIMA MANCHETE: – Fidel foge de Cuba, chega clandestino à Flórida e pede asilo diplomático aos Estados Unidos!
  • Eu quase sinto pena, só não sinto para não ser acusado de burguês decadente!
  • Eu sou da mesma opinião, Marx estava certo, ele só esqueceu de inventar um povo à altura de seu brilhantismo.
  • Puxa. Primeiro foi o recall sobre os homossexuais nos anos 60, agora o recall sobre a política econômica dos últimos 50 anos… Esse cara tá se achando uma Toyota, né?
  • Hahaha! Lendo essa notícia, lembrei-me de quando Ricky Martin saiu do armário… SÓ ELE É QUE NÃO SABIA!!!!!

Netinho, Canadá, Austrália e os índios

Fato 1: Netinho está em segundo lugar nas pesquisas para eleição de senador por São Paulo.

Pior, está atrás da Marta não-mais-Suplicy, empatado com o Quércia! Com o Quércia! Isto numa eleição onde a Dilma está na frente nas pesquisas mais do que estava o Tio Lula na última eleição. Justamente a Dilma, que tem um passado controverso e nunca foi ninguém na política.

Netinho já é vereador por São Paulo, e foi eleito em terceiro lugar no último pleito. E, como desgraça pouca é bobagem, é candidato pelo PC do B. Sim, o partido comunista. Mas o mais engraçado é que isto não é levado em consideração em nenhum momento. Veja essa matéria do G1 onde sequer é citado o partido do Netinho.

Fato 2: Cada vez mais brasileiros de classes mais altas imigram para Canadá e Austrália.

Canadá e Austrália são dois países incríveis. Tem dos melhores índices de qualidade de vida do mundo. Tem vagas de empregos mas faltam pessoas. Ruas limpíssimas. Criminalidade beirando o zero. Um sonho. Não há mendigos. Não há bolsa-família. A esmola é repudiada. Os impostos são baixos. A educação e saúde nos faz querer nos beliscar para ver se não estamos sonhando. E, pra piorar, ainda aceitam brasileiros que tenham um mínimo de educação. Depois querem me convencer que o capitalismo é mau…

Basta digitar no Google “imigração canada australia” que aparecerão milhares de sites e empresas que podem lhe auxiliar neste processo. A Austrália, pra ajudar, tem um clima praticamente igual ao do Brasil, apesar de ser do outro lado do mundo. O Canadá já é mais perto e tem a vantagem de ser ao lado dos Estados Unidos, permitindo assim algumas viagens de férias mais interessantes, porém é frio pra diabo. É tirar no uni-duni-tê e ir viver num lugar decente e seguro.

Fato 1 + Fato 2 = Vamos devolver o Brasil para os índios e vamos embora. Cansei dessa merda.

« Older entries